• Ana Paula Brasil

05 posturas yogues para praticar de corpo e alma!


Antes que você pense que este post vai te ensinar exercícios para melhorar a flexibilidade, força ou equilíbrio do seu corpo, vamos combinar que até mesmo os ásanas, posturas psicofísicas do Yoga, têm como objetivo fundamental ajudar o ser humano na evolução de sua consciência espiritual. Em Yoga, a compreensão da palavra postura, inclusive quando aplicada à técnica dos ásanas, ultrapassa o conceito de forma física para se relacionar profundamente com a idéia de cultivarmos uma atitude consciente e amorosa perante à vida. Pensando nisso, resolvi listar 5 exercícios de conduta que vão te ajudar a diferenciar desejo de necessidade, praticar desapego e e ampliar o seu olhar espiritual sobre a vida.


1. Seja um bom hóspede onde você estiver!


Se você já se hospedou na casa de alguém, em algum momento, pode ter pensado se a sua presença não estaria gerando algum incômodo. Creio que quando somos hóspedes, devemos reconhecer que estamos sendo acolhidos generosamente em um espaço que não é nosso e, pela lei da reciprocidade e boa educação, devemos cuidar para que a nossa presença contribua positivamente para o funcionamento do lugar. Se quando somos acolhidos, buscamos respeitar o espaço e estilo de vida de quem nos recebe, ser uma boa companhia, estabelecer uma rotina harmônica, agir com bom-humor, gratidão e gentileza - por que não nos mantermos assim em todas as situações da vida?! Claro que você pode desenvolver estas qualidades, com disciplina, paciência e amor; aproveitando a possibilidade de exercitar esta postura em sua própria casa, bairro, cidade ou país - com amigos, familiares e até mesmo desconhecidos. Não há limite para compreendermos como melhorar a nossa presença no mundo e ampliar nossa consciência sobre como viver em harmonia com o Universo.


2. Viva sua rotina com espírito de férias!


Sabe aquela sensação de fazer as malas e sair de férias? Desapegar da rotina, abrir mão de certos confortos, relaxar o tempo, ampliar o olhar para novas experiências? Pois então, viver a nossa rotina com espirito de férias é possível quando nos damos conta que a vida é a maior de todas as viagens! Afinal, estamos aqui de passagem, criando o roteiro aos poucos, sem saber quando chegaremos ao final... A dica para curtir as férias ou a vida é aproveitar o caminho, sem se apegar ao roteiro. Fluir com leveza, ter na bagagem o que é essencial, mergulhar nas experiências e não levar tudo tão a sério são posturas chaves para quem deseja viver com plenitude e alegria.


3. Ame o que você tem e cuide do que você ama!


Este ditado muito aplicado aos relacionamentos pessoais pode ser lindamente estendido a muitos outros aspectos da sua vida. Olhe ao seu redor e observe tudo que você tem: você ama tudo que possui? Do ponto de vista mais elevado do Yoga, compreendemos que amar é honrar e servir. Criar uma relação de reciprocidade com o que você possui ou usufrui, ainda que seja apenas um objeto, te ajudará a desenvolver consciência espiritual, evitando acúmulo e fazendo um bom uso dos recursos do planeta. Além de se tornar uma presença benéfica para o ambiente em que vive, relacionar-se amorosamente com tudo o que está ao seu alcance reduzirá os seus hábitos de consumo. Saiba que ter o suficiente para suprir as suas necessidades, além de te livrar de possíveis excessos, te dará a possibilidade de experienciar a vida com desapego e liberdade.


4. Receba a sua vida como um presente!


Se você já tomou posse e responsabilidade pela a sua vida, uma forma de encarará-la com mais leveza e amor é compreender que a vida é um presente milagroso! Saiba que, quando você chegou aqui neste mundo, você recebeu a vida para amar, isto é, honrar e servir. Tudo que você precisa é reconhecer o milagre que você é, cuidar de si e cultivar gratidão por ter recebido tão valioso presente. Para a filosofia do Yoga, as experiências que você atravessa ao longo dos anos estão intimamente ligadas ao organismo vivo que você é. Seu corpo e sua trajetória são elaborados sob medida para você tirar o maior proveito desta viagem chamada vida. Aproveitar a vida, do ponto de vista yogue, é evoluir a sua condição humana, expandindo sua consciência espiritual. Encare a vida como um jogo, aceite as circunstâncias como parte do milagre e, quando elas não lhe parecerem justas ou claras, use todas as habilidades que tiver para fazer o seu melhor em busca de uma compreensão mais profunda.


5. Compartilhe o que você tem de melhor!


Você já deve ter notado que para compartilhar algo, sem nenhum interesse, com alguém é preciso ter uma dose de desapego, tanto sobre o que se tem quanto sobre possíveis resultados que a sua ação possa acarretar. A ação benéfica desinteressada é o que chamamos de Karma Yoga, uma das vertentes mais tradicionais da prática. É, sem dúvidas, um dos mais potentes caminhos para a elevação da nossa consciência espiritual. Para agir em Karma Yoga, você deve realizar o seu dever com zelo, orientando a sua ação em benefício de todos e sem desejar qualquer resultado para si. Para isto, muitas vezes, é preciso abrir mão de suas próprias vontades; permanecendo livre de qualquer ressentimento. Outro aspecto fundamental desta prática é cultivar esta ação de modo incondicional, independente do outro ou das circunstâncias. Em outras palavras, oferecer à quem quer que seja o que há de melhor em você, sem desejar para si qualquer benefício ou reconhecimento, traz uma outra dimensão para o ato de compartilhar a nossa essência no mundo, nos livrando dos apegos mais profundos, relacionados à nossa própria identidade.



♡♡♡♡♡